Casa se torna amiga do meio ambiente ao usar materiais reciclados na decoração

Ao invés de serem desperdiçados, garrafa pet, rolhas e pneus podem ser utilizados para incrementar o visual do imóvel

Não adianta ter uma decoração sofisticada em casa se, ao olhar para ela todo dia, precisar encarar aquele sentimento de culpa por maltratar o meio ambiente. O visual não precisa ser sem graça para ser sustentável, pelo contrário. É possível elaborar um espaço charmoso utilizando materiais reciclados.

No ambiente “Praça dos Encontros”, de rgio Astrauskiene, a poltrona Monalisa é feita de garrafas pet (Fotos: Divulgação)

Com a questão da sustentabilidade sendo bastante discutida, muitos profissionais optam por não usar madeiras brutas em projetos residenciais, mas sim utilizar madeiras de demolição ou as que são reflorestadas. “A tendência é utilizar o mdf (chapa de fibra de madeira de média densidade) e mdp (painel de partículas de média densidade)”, diz a arquiteta Fernanda Jung.

O plástico também está perdendo seu espaço, pois, de acordo com a profissional, ele solta toxinas. “O indicado para bancadas, por exemplo, é o uso do silestone, que é 99% antibacteriano e tem fácil manutenção”, sugere Fernanda.

Angela Tasca usa em seu projeto Home Theater madeiras ecológicas no piso e nos móveis, iluminação com lâmpadas leds e automoção que evita uso abusivo de energia

Faça você mesmo – Não é preciso a ajuda de um especialista para criar uma decoração com material reciclado. Garrafas pets, papelão, pneus e outros itens podem ser a estrela de um ambiente amigo da natureza.

APARTAMENTOS EM PIRITUBA PARA COMPRAR. CONHEÇA UM EMPREENDIMENTO ECOLÓGICO

Assim como a garrafa pet, a rolha é um item que seria jogado fora, mas pode ser reaproveitada em formas decorativas. Fernanda apresentou um painel em seu espaço Bistrô na Casa Cor Paraná 2012 com material reutilizado que atende bem às preocupações dos ambientalistas.

A arquiteta ensina como fazer tal decoração em casa: “Colecione rolhas de garrafas de vinho e de espumante, depois as intercale em um mdf ou diretamente na parede.” Por terem cores diferentes, elas criam um efeito mais colorido. “Para aplicá-las, utilize cola de contato [também conhecida como cola de sapateiro] ou cola quente”, orienta a especialista.

Painel de rolhas e painel de MDF com garrada pet, do projeto de Fernanda Jung (Foto: Gerson Lima/Divulgação)

De acordo com Fernanda, os carpetes tradicionais estão sendo substituídos. “Tapetes de fibra sintética, feitos em PVC e garrafa pet fundida, estão conquistando espaço. Eles podem ser usados em placas ou mantas”, diz.

Pneus podem ser reaproveitados. “É possível fazer um vaso com as câmeras deste objeto”, afirma Fernanda.

O papelão também pode provocar efeitos interessantes. “Em uma viagem à Milão, fui a um restaurante em que as mesas e cadeiras eram feitas com este material, formando uma espécie de origami”, relata Fernanda.

Terraço Gourmet do Jogador, de Teresa Simões, oferece madeira de demolição na mesa

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s