As sensações que cada cor pode transmitir em casa.

Na hora de escolher a cor para pintar a casa, muitas dúvidas podem surgir, desde qual parede aplicar um tom mais escuro até qual tonalidade de tinta utilizar para fazer o ambiente parecer mais aconchegante.

Assim como o marrom e azul marinho, laranja ajuda a casa a transmitir sensação de aconchego no inverno (Fotos: Thinkstock)

Para optar pela cor ideal, é preciso identificar antes da compra da tinta qual é a sensação que deseja que o ambiente transmita.

“As cores transmitem sentimentos e emoções diferentes”, diz a arquiteta Maria Claudia Luna.

De acordo com a profissional, quando um ambiente é pintado inteiro de uma cor neutra, o visual fica muito diferente de quando recebe tinta com cores mais vibrantes.

A cor exerce tanta influência dentro de casa que algumas tonalidades podem até mesmo passar a impressão de que o espaço é mais aconchegante.

Para que o visual tenha harmonia, arquiteta sugere que o piso seja escuro e a parede clara, ou vice-versa

“Em estações mais frias, como o outono e inverno, as cores que dão uma sensação térmica de mais aconchego são os tons de laranja, marrom e azul marinho”, afirma Maria Claudia.

APARTAMENTOS DE 2 DORMITÓRIOS NA ZONA OESTE DE SÃO PAULO. SAIBA MAIS AQUI

Para não deixar o cômodo com ar muito pesado, a dica da arquiteta é equilibrar tais cores com o branco e bege claro.

Se a opção é usar tons neutros em áreas como a sala e quartos, os lavabos podem receber um pouco mais de ousadia nas cores, já que é um espaço onde as pessoas não passam muito tempo, segundo a arquiteta.

“Em um dos meus projetos, fiz o lavabo inteiro de preto e deixei apenas as louças, teto e piso em branco, o que conferiu ao ambiente um ar mais arrojado”, conta Maria Claudia.

Já para áreas externas, a recomendação da especialista é usar o verde. “Esta cor transmite a sensação de frescor e natureza”, diz a profissional.

Equilíbrio – “Para que haja harmonia em todo o local, não é recomendado colorir cada cômodo de uma cor”, ressalta a arquiteta. No entanto, segundo Maria Claudia, isso não significa que todos precisam ter a mesma tonalidade. Se os tons forem diferentes, é importante que haja um equilíbrio no conjunto.

Lavabo pode receber cores mais ousadas, já que é um ambiente onde as pessoas não passam muito tempo

Para a especialista, a tonalidade do piso não precisa, necessariamente, combinar com a parede.

Curta a ZetaPlus no Facebook

“Há como equilibrar a parede mais escura com o piso claro ou inverter esta ordem”, diz Maria Claudia. Para a arquiteta, texturas com cores de elementos naturais são muito usados e ficam interessantes nos ambientes.

“A textura de cimento é interessante, pois parece concreto. Já as de palha ficam chiques em lavabos ou quartos”, afirma a profissional, que ainda lembra que alguns papéis de parede imitam texturas e parecem reais.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s