Dicas para montar uma horta no seu apartamento

horta apartamento 1

Você mora em apartamento, mas, mesmo assim, gostaria de cultivar temperos e verduras em casa? Pois saiba que isso é possível.

De acordo com a arquiteta Thais Lacialamella, o local mais adequado para montar uma mini-horta em casa é aquele que recebe ao menos cinco horas de sol por dia, principalmente o sol da manhã. Pode ser na varanda, na janela do quarto, na janela da cozinha ou na área de serviço.

“Você pode plantar suas mudas ou sementes em vasilhames, vasos, jardineiras, calhas, canos de PVC e até em garrafas PET”, explica Thais. Segundo ela, só é preciso garantir profundidade mínima de 15 cm e espaçamento de, no mínimo, 20 cm entre cada tipo de verdura, legume ou tempero.

“É importante que seja misturada uma parte de areia para cada parte de terra orgânica com pH 6, de preferência, para que a terra não se encharque demais”, recomenda a arquiteta.

Na opinião de Thais, quanto à decoração, se for fazer um jardim vertical, deve-se apostar em painéis treliçados, de madeira de demolição ou painéis prontos, vendidos em lojas de bricolagem. Se for cultivar em beirais de janela, prefira jardineiras que permitam fixação, seja na alvenaria, seja na própria grade da janela, senão correrá o risco de causar algum acidente ou perder sua plantação.

APARTAMENTOS DE 2 DORMITÓRIOS EM UM EMPREENDIMENTO PREOCUPADO COM O MEIO AMBIENTE NA ZONA OESTE DE SÃO PAULO. SAIBA MAIS AQUI

Se preferir vasos ou jardineiras de chão, faça disposição em níveis (degraus), pois permitem maior variedade de vegetais, dando distanciamentos verticais e horizontais mais adequados ao plantio, além de dar aquele charme e aroma ao ambiente.

Thais recomenda que se dê preferência ao plantio de hortaliças com raízes curtas, como alface, coentro, cebolinha, salsa ou manjericão. Alguns temperos e ervas são perenes, como o orégano, a salsinha e a cebolinha. Outros, como o coentro, exigem novo plantio a cada ano. Já o manjericão é bianual, mas pode se comportar como perene em algumas condições.

A arquiteta Laurimar Coelho reforça que é preciso lembrar que não são plantas para decorar e sim para consumo frequente. Por isso, a troca de mudas e a durabilidade são variáveis.

“As melhores são os temperos como manjericão, hortelã e salsinha. Mas nem todas mantêm o vigor a cada colheita, o que exige a troca constante. Por isso, uma dica é usar suportes para vasinhos plásticos. Dessa forma, basta trocar as mudas sem ter de lidar com terra, com a sujeira”, aconselha.

horta em apartamento 2

Outro detalhe importante é escolher espaços com ótima luminosidade natural. Do contrário, as plantas morrem facilmente. Os melhores espaços são os terraços e na cozinha, mas longe do fogão ou forno.

Curta a ZetaPlus no Facebook

Segundo Laurimar, em lojas especializadas em vendas de plantas ornamentais é possível comprar suportes com tamanho padrão e nos hortifrutigranjeiros há vasinhos já com as plantas com um bom desenvolvimento. “Plantar a partir de sementes requer mais trabalho”, avisa Laurimar.

horta em apartamento 3

Cuidados – Segundo Thais, os cuidados com a horta são irrigação três vezes ao dia enquanto estiver na fase de semente e uma vez ao dia para a muda ou planta já crescida. As adubações devem ser feitas a cada dois ou três meses.

Fonte: ZAP

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s