Hamburguerias em SP. Do gourmet ao bom e barato.

batalhas_ hamburgueria

E para você, qual a melhor hamburgueria de São Paulo?
Créditos: Reprodução

Hambúrguer em São Paulo quase virou quase uma religião. E cada um defende veemente os lugares favoritos para degustar esse lanche/refeição. Isso sem contar nas argumentações e defesas para convencer os outros a experimentarem o hambúrguer daquela casa, ou ainda escondem o segredo daquele lugar especial, sem dividir com ninguém o achado.

Então decidimos separar algumas hamburguerias favoritas e claro apareceram os mais diferentes tipos. Assim você pode conferir diferentes estilos e decidir qual visitar. 

E para você, qual o melhor hambúrguer de São Paulo?
Confira os melhores lugares de acordo com o pessoal do Guia da Semana:

vapor
Anna Thereza, redatora de gastronomia e teatro – VAPOR BURGER

Eu não sou tããão fã assim de hambúrgueres, confesso que prefiro uma comidinha mais light. Mas gosto MUITO da lanchonete Vapor Burger, que fica na Vila Madalena. Ela é uma hamburgueria gourmet, então tudo é extremamente saboroso: o queijo, o hambúrguer, os acompanhamentos… O grande diferencial tá no modo de preparo dos quitutes: tudo é feito no vapor – e olha que é tudo mesmo, de sanduíches a sobremesas. As “Steamed Potatoes”, batatas bolinha sem casca, servidas com molho de cebola, gorgonzola ou mostarda, são maravilhosas. Já para quem adora um docinho assim como eu, o “Petit Vapor”, composto por um bolinho de chocolate recheado com creme de Ovomaltine e sorvete de baunilha é uma ótima opção. Enfim, se você ainda não conhece essa delícia de lanchonete, pode ir sem erro. Eu garanto!

sujinho
Camila Tavares, gerente de conteúdo – HAMBURGUERIA DO SUJINHO

Adoro a maionese que eles usam no lanche Sujinho Salada Pic Burguer Junior, meu favorito, e na batata frita. Fico ainda mais feliz porque posso escolher a opção “júnior”, com hambúrguer de 80g (com sabor delicioso) contra as 160g da versão tradicional e 250g da versão max. Para não dizer que é perfeito, falta só aceitar cartão de crédito e débito, já passou da hora.

meats
Edson Castro, editor – MEATS

Uma boa dica é o Meats, comandada pelo Paulo Yoller. A casa é super estilosa, com um estilo meio pedreiro chique, com uma decoração rústica e descolada. Gosto muito do ponto da carne, que vem “molhadinha” . Meu lanche favorito é o Hooligan.

osnir
Juliana Andrade, colaboradora – OSNIR HAMBURGUER

Adoro hamburguer e, mesmo gostando de carne, muitas vezes quando chego numa hamburgueria, acabo escolhendo o vegetariano. Acontece que um bom hamburguer de carne é sempre fácil de achar, mas o vegetariano exige um pouco mais de procura, pode perguntar pra qualquer pessoa que não come carne. Eu falaria do vegetariano do América ou Lanchonete da Cidade, mas como a ideia é escolher uma hamburgueria, vou ficar com o Osnir Hamburguer, que foi um lugar que pude provar um dos melhores que comi recentemente..

hobby
Juliana Varella, redatora de cinema – HOBBY

Hambúrguer para mim é sinônimo de noite quente com clima de férias, ao lado das pessoas mais queridas. Melhor ainda se a hamburgueria for perto de casa, numa esquina gostosa do bairro onde conheço os funcionários e posso ver meu lanche sendo feito na hora. Para quem mora (ou já morou) em Perdizes, o nome está na ponta da língua: Hobby – a lanchonete mais tradicional da região. Minha dica? Peça um X-Salada: o lanche não está no cardápio, mas sempre vem no capricho. Se a fome bater mais forte, vá de milk-shake – e ainda ganhe aquele “chorinho” generoso.

stlouis
Leila Vieira, redatora – ST. LOUIS

Não sou muito de gastar fortunas em lanches. Confesso que muitas vezes prefiro até aquele lanchão de padaria com nome X. Mas existe uma hamburgueria que simplesmente conquistou meu coração: a St. Louis. Lá tem um dos melhores hambúrgueres que já comi em toda a minha vida. Tem sabor, é diferente e vale cada mordida. Detalhe especial pra porção de batatinhas e cebolas empanadas: pra quem não gosta, vale experimentar e mudar de ideia a respeito das tão odiadas cebolas. A decoração é um caso a parte: garrafas de diferentes refrigerantes, tacos de hockey, malas (!) de viagem… Enfim, muita mistura que te faz olhar com atenção para cada cantinho e sempre descobrir uma coisa nova.

oswaldo
Marina Marques, redatora de turismo e noite – HAMBÚRGUER DO SEU OSWALDO

Como eu sou a louca dos hambúrgueres, fica difícil escolher uma só. Mas fico com o tradicional Hambúrguer do Seu Oswaldo. E não é apenas porque a casa foi inaugurada em 1966 que a tradição é traço marcante por lá, a receita de família e o molho de tomate sensacional que só eles sabem fazer são dignos de um repeteco, impossível comer um lanche só (eles são pequenos e custam a partir de R$ 8,70). Não vá com frescuras, o negócio é disputar as cadeiras altas do balcão mesmo, não há mesas e o local é minúsculo. Além disso, só aceitam dinheiro ou cheque. Mas o bom e velho cheese salada faz isso tudo valer a pena.

ze
Rafaela Piccin, redatora de shows – ZÉ DO HAMBÚRGUER

Não conheço muitas hamburguerias, mas a minha favorita tem sido a do Zé. Os sanduíches vêm sempre muito recheados e as combinações são sensacionais. Meu preferido é o Lambreta, com hambúrguer de picanha e rúcula. Além dos sabores, o estilo anos 50 também me ganha – os sofazinhos, o nome dos lanches, a trilha sonora, propagandas antigas… Ah, e para acompanhar, as batatas fritas também são uma delícia!

Fonte: Guia da Semana

Anúncios

2 thoughts on “Hamburguerias em SP. Do gourmet ao bom e barato.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s